A nossa

udo começou com Quinto. Isso mesmo, Quinto e basta, pois em Siena todos conhecem Quinto. Por quê? Bem, vocês podem perguntar a uma centena de estudantes famintos que nos anos de 1950 encontraram nele um simpático, afetuoso e muito competente “oste” (aquele que trabalha em uma osteria) que preparava sanduíches tão grandes, caprichados e baratos que fazia formar uma fila de jovens do lado de fora da porta, fossem das escolas ou da universidade. Enfim, Quinto matou a fome de muitos estômagos e cérebros durante anos. Depois de trabalhar com sanduíches abriu uma “tratoria” que se tornou uma “pedra fundamental” para todos os restaurantes seneses. Experimentem procurar nos guias italianos ou internacionais “Da Quinto al Ceppo” e notarão o quanto todos, italianos, alemães, franceses, ingleses, afirmam ter comido bem gastando pouco. Porções abundantes, altíssima qualidade, preços honestos. Um sonho? Não, a nossa vida.

Passa o tempo e nascem os filhos e netos. E ainda vivemos juntos e trabalhamos todos aqui. Percebemos que muitos chegam cansados, comem, mas gostariam de repousar um pouquinho antes de partir novamente. Estamos exatamente no traçado da antiga via “Francigena” (a qual percorriam os franciscanos). Então pensamos: as antigas pousadas ofereciam comida e repouso. Pois bem, ofereçamos isso nós também! Não façamos um hotel, pois já existem tantos, nem agriturismo (não somos agricultores!), façamos apenas uma dúzia de quartos sóbios, limpos e acolhedores para que aqueles quem necessitem possam descansar. De resto, cada cruzamento permite chegar a tantos lugares. Bate o sol, sopra uma brisa delicada, os campos são vermelhos, da cor da terra de Siena. Imaginamos que seja uma boa ideia. Chega o bombeiro hidráulico para tomar o café da manhã, o médico para comer uma “fettunta”, o estrangeiro para comer um prato de “pappardelle al sugo di cinghiale”, um grupo de amigos para comer “crostini” e vinho. Chegam e se vão, chegam e se vão. Há mil anos essa estrada assiste a esse movimento. E o espírito permaneceu o mesmo.

Solicitação de disponibilidade

Caro cliente, se desejar receber mais informações sobre os serviços oferecidos pelo nosso bed and breakfast ou quiser saber se temos disponibilidade nas datas de sua viagem a Siena. Teremos o maior prazer em responder-lhe o mais rapidamente possível com a nossa melhor oferta!

Dormir

Como dizíamos, uma dúzia de quartos, não mais do que isso. Mas por dentro os preparamos muito bem! Não são de luxo, não existem garçons para servir o café no quarto, nem banheira de hidromassagem, mas a escada de madeira que conduz aos quartos é quente e emite um som que nos remete ao passado, as camas são comodíssimas, o espaço é abundante e os banheiros são elegantes no típico estilo toscano, modernos e limpíssimos.

Comer e beber

Além do café da manhã verdadeiramente inesquecível (encontrar um amigo que come um “crostone di lardo e faggioli” às 10 da manhã com um copo de vinho tinto é mais do que normal), no almoço oferecemos muitas entradas locais: “bruschette”, “crostini” (canapés) de todos os tipos, salames, queijos, e “sottolii” (compotas de alimentos em conserva) para satisfazer a fantasia gastronômica dos nossos hóspedes com sanduíches de todos os tamanhos, primeiros pratos diferentes todos os dias.

Os arrededores

Consequentemente, Il Ceppo encontra-se exatamente na Via Cassia, entre Monteriggioni e Siena. Isso oferece a vantagem de ser circundado por áreas naturais de incrível beleza, como a “Montagnola” senesa e “Pian del Lago”. Por isso Il Ceppo é também o lugar ideal de partida para passeios de bicicleta (mountain-bike) ou à cavalo.